LINHAS DE TORRES VEDRAS

LINHAS DE TORRES VEDRAS

LINHAS DE TORRES VEDRAS

reprodução DA GRAVURA DA COLECÇÃO  

DE ANTÓNIO HIPÓLITO  JÚNIOR  -E

EDIÇÃO CASA HIPÓLITO LDª   – ANOS 1960

ANECDOTE OF THE BRAVERY OF THE SCOTCH PIPER “ ~JAN 1808

OF THE GREAT HIGLAND REGIMENT OF THE BATLE OF VIMIERO

MANKIRCH DEL.

CLARK & DUBOURGH SCULP.

HIGLAND REGIMENT OF THE BATLE OF VIMIERO

dim moldura :36×29 cm

CASA HIPOLITO

antonio hipolito junior

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Há Duzentos Anos – As tropas de Massena retiravam-se das suas posições frente às Linhas de Torres Vedras 

“(…) Na manhã de 15 de Novembro o posto avançado britânico notou que os lúgubres sentinelas tinham-se tornado estranhamente rígidos; um exame mais de perto mostrou que eram feitos de palha. Os franceses tinham-se retirado durante a noite a coberto do nevoeiro.”

(citada por A.H.Norris e R.W. Bremner, The Lines of Torres Vedras, Lisboa 1986, p.19, segundo tradução de Thomas Croft de Moura).

Passam hoje duzentos anos sobre a retiradas dos franceses da sua situação frente às Linhas de Torres, mantida durante pouco mais de um mês.

Iniciava-se assim a retirada do exército francês de Portugal e as Linhas de Torres Vedras entravam definitivamente na História.

Para comemorar essa data, resolvemos reproduzir aqui parte de uma colecção de gravuras inglesas que retratam, por vezes de forma fantasiosa, as Invasões Francesas na região de Torres Vedras .

A sua autoria é atribuída a vários gravadores ingleses, Landmann, W. Hesth e Viviane e foram reproduzidas num calendário editado nos anos 60 pela Casa Hipólito.

Os originais dessas gravuras pertenciam a António Hipólito 

45,00